Passo #4: Não conte calorias

Aprendendo coisas novas com nossa sequência? Esperamos que sim.

Chegamos ao nosso quarto passo que vai fazer você pensar em algo muito enraizado em nosso subconsciente: contar calorias faz sentido?

A resposta é muito simples e direta: NÃO! Vamos explicar o porquê…

Compare o brócolis e o açúcar por exemplo. Meio brócolis (280g) e uma colher de sopa de açúcar (26g) contém 100 kcal de energia cada.

Pense agora no que acontece quando você come os dois.

A carga glicêmica do açúcar é bastante maior (mais que o dobro). Portanto, consumir açúcar aumenta mais rápido e em maior proporção a concentração de glicose no sangue. Daí o resto você já sabe:

insulina

 

E tem mais: para uma mesma quantidade de calorias, o brócolis proporciona vitaminas, água e fibras. E o açúcar? Carboidrato puro.

É impressionante, mas não para por aí: o brócolis é cerca de 5 vezes mais saciante que o açúcar!

Isso significa que para se sentir saciado você precisa comer muito menos. O açúcar “estimula” você a comer mais, amplificando seus efeitos negativos.

Ficou claro que não faz sentido contar calorias? Acho que sim, né?

Então, o que faz sentido? Quanto mais nutrientes, menor carga glicêmica e maior saciedade sua alimentação gerar, melhor!

A boa notícia é que os alimentos de uma alimentação baseada em comida de verdade são assim.

A conclusão ficou fácil. Coma comida de verdade até se sentir saciado. Simples assim.

Referências Bibliográficas
[1] TAUBES, Gary. Why we get fat and what to do about it. USA: Knopf Doubleday Publishing Group, 2011.
[2] BAYLOR, Jonathan. The smarter science of slim. USA: Aavia Publishing PLC, 2013.

Print Friendly, PDF & Email

5 comentários em “Passo #4: Não conte calorias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *