Dieta Paleo – começando agora? Leia esta carta que escrevemos para você

Ansiedades e Medo
Tanta informação, dúvidas e ansiedades! Pra onde devo ir?

Você está começando a mudança para uma dieta Paleo com Comida de Verdade? Está cheio de dúvidas e sofre para fazer suas escolhas? Então, por favor, leia este post. Acho que ele pode te ajudar muito a fazer melhores escolhas, sem sofrimento.

Leio muitos fóruns de discussão nos quais os que estão iniciando na dieta Paleo colocam suas dúvidas, ansiedades e medos. E são muitas e muitas. Claro que é normal nos sentirmos inseguros quando estamos tentando algo novo, mas no final não há motivos para sofrimento. Mudei minha alimentação há mais de dois anos e também passei por muitas das fases e dúvidas que a maioria tem, apenas para chegar à conclusão de que pode ser simples, gostoso, barato e sem sofrimento.
Por isso resolvi escrever esta “carta” com algumas dicas que podem aumentar as chances de sucesso para quem quer uma alimentação saudável e gostosa (via uma dieta Paleo), sem neuroses nem fome.

Concentre-se no principal e esqueça detalhes irrelevantes

Paleo com Comida de Verdade
O foco é comer Comida de Verdade

O principal é: coma Comida de Verdade, isto é, aquela a mais natural possível, sem grãos (principalmente o trigo) e suas farinhas e óleos nem açúcar. Coma quando sentir fome e até estar saciado. As gorduras naturais dos alimentos são suas amigas.

Se quiser emagrecer, coma com moderação os tubérculos e frutas com maior teor de açúcar.
Pronto, é isso. Todo o resto, neste início, será um mero detalhe. Pare de encher a cabeça com detalhes irrelevantes como alimentos termogênicos, chia, se goji berry emagrece ou não ou se você deve tomar 19 ou 20ml de óleo de coco ao dia.
Estas são distrações que não levam a lugar algum e normalmente atrapalham seu objetivo principal: comer melhor, emagrecer e ter saúde.

Pare com a paranoia de tentar explicar variações pequenas de peso

Não brigue com a balança, ela só mostra números
Não brigue com a balança, ela só mostra números

Desculpe ser eu quem vai te dizer isso: você não é capaz de saber o que causou pequenas variações de peso em um curto espaço de tempo. À propósito, eu também não sou!

Por isso, não tente ficar encontrando motivos para a variação na balança de 500g dentro do mesmo dia. O corpo humano é muito complexo e a real explicação pode ser devida à milhares de fatores que nunca passarão por sua cabeça.
Quando aquele pensamento “acho que foi o queijo que comi ontem” sondar sua mente, trate de jogá-lo para bem longe.

Quer aprender sobre low carb com muita Comida de Verdade sem mistérios? O livro digital da Mariana Montezzana te conta como.
Ela perdeu 30 quilos adotando um estilo de vida low carb e está há mais de 4 anos mantendo o peso sob controle com essa estratégia alimentar. Clique aqui e veja como ela pode te ajudar   


O quanto uma pessoa vai emagrecer depende de muita coisa

Perda de peso varia de pessoa para pessoa
A velocidade de perda de peso depende de muita coisa

Portanto, não tente se comparar com aquela pessoa que perdeu 10 quilos em um mês. Não fique se chicoteando se ficar em um platô de peso por algumas semanas.

Pare de ler revistas que mostram pessoas que dizem ter perdido X quilos em Y semanas. Simplesmente não funciona assim.
Não dê ouvidos àquela estrela da TV que diz ter achado a fórmula mágica ou que comer uma fruta exótica vai queimar gordura. Isso é simplesmente ENGANOSO.

Na Internet, jornais, revistas e TV, 90% da informação é ou irrelevante ou enganosa (ou os dois)

Selecione suas fontes de informação
Na maioria das vezes, menos é mais quando falamos de informação de massa

Você já imaginou um jornal de uma página? Ou uma página de jornal com uma metade em branco? Isso não existe, né? Claro que não. Porque jornalistas e pseudo jornalistas tem incentivos para produzir conteúdo e preencher páginas. Quando não tem algo de qualidade, vai o que estiver à mão.

Atualmente tais meios de comunicação em massa tem um único objetivo: entreter. Sendo assim, não os leve muito a sério. Eles não têm tanto compromisso com a qualidade da informação quanto você supõe.
Ainda mais quando estamos falando de dietas. Milhares de “estudos” são publicados diariamente, mostrando como isso ou aquilo ajuda a melhorar a saúde ou emagrecer.
Se você ainda acha que o responsável pela matéria checa a qualidade dos estudos, por favor leia esta reportagem aqui.
Resumindo, quando você ler aquela manchete que diz “novos estudos mostram que a chia do Himalaia do norte faz emagrecer 10kg em uma semana”, respire fundo, abra um sorriso e passe para a próxima matéria.

Low carb não significa NO carb

Existem bons carboidratos
Não precisa eliminar todos os carboidratos

Normalmente quem está iniciando a Paleo em sua versão Low Carb desenvolve uma fobia aos carboidratos. Tem medo de comer um tomatinho pois tem alguns carbs e pode engordar.

Se você se identifica com esta situação, é importante você saber que a maioria dos alimentos tem algo de carboidratos. Mesmo assim, você não precisa e nem pode cortar todos eles. É essencial entender as diferenças entre eles para fazer boas escolhas.
“Muito” ou “pouco” é um conceito extremamente relativo e você vai ter que conviver com isso. Porém, existem alguns princípios que você pode adotar. Se quiser perder muito peso, evite tubérculos com maior teor de amido (batata doce, inhame e afins) assim como frutas com maior quantidade de açúcar (como figo, melão, banana e outras).

Seus amigos e familiares vão achar que você ficou maluco. Não fique triste com isso.

Prepare-se para não ser compreendido
Às vezes você vai se sentir sozinho

É, você não está sozinho. Praticamente todo mundo que adotou Paleo como um estilo de vida, encontrou resistência em seu círculo social. Provavelmente você já ouviu que suas artérias vão entupir, que com menos carboidratos você não vai ter energia pra levantar da cama, seus rins e fígado vão parar de funcionar e um sem fim de “senso comum” sem base científica.

É natural que seja assim. Nós, seres humanos, somos muito pouco afeitos ao “diferente”. Gostamos do conforto de saber que tudo está como era antigamente. Porém as coisas evoluem, mesmo que devagar. Alguns percebem, outros não. É normal. Portanto, assim como você quer respeito à suas crenças, é importante entender que os que ainda não concordam com a abordagem Paleo (ou até mesmo a ridicularizam) não são burros ou ignorantes. Talvez eles precisem de mais tempo para aceitar estas ideias. E pode ser que eles nunca mudem de opinião. Não entre na neurose de tentar convencer todo mundo de que seu estilo de vida é melhor.

Café da manhã não precisa ser ovos com bacon todos os dias

Não precisa comer só bacon e ovos
Dá pra varia no café da manhã

Ainda escuto muita gente dizer que não faz Paleo porque não aguenta comer ovos com bacon todos os dias. E quem disse que precisa ser assim?

Vou listar aqui algumas opções pra você ver que isso é uma grande distorção. Abacate, coco, morangos, suco de limão, legumes na chapa, frios, queijos, pão low carb, castanhas, amêndoas, macadâmias, chocolate amargo, panini low carb, bolinho de caneca low carb (fica pronto em 3 minutos), iogurte natural integral, manteiga e daí por diante. Sem esquecer o excelente “restodontê”.

Não precisa se entupir de gordura

Um dos grandes mitos que pairam sobre a alimentação Paleo é o de que precisamos nos forçar a comer mais gordura. Bullet proof coffee, tomar duas colheres de óleo de coco ao dia, bacon e ovos todos os dias no desjejum e afins.
Isso é simplesmente mentira. O importante é não ter medo da gordura natural dos alimentos, mas não precisa forçar nada. Use a manteiga para cozinhar se quiser, mas não precisa engolir meio tablete de manteiga para cumprir sua “meta” de gorduras e entrar em cetose.
Aliás, este é outro ponto de grande confusão. Não necessariamente quem está em cetose nutricional está perdendo peso! Se você não consegue entrar em cetose, paciência. Não pense que você é problemático por causa disso.

Print Friendly, PDF & Email

13 comentários em “Dieta Paleo – começando agora? Leia esta carta que escrevemos para você

  • 2 de setembro de 2015 em 6:53 PM
    Permalink

    Gostei de tudo, muito bom, estou começando agora ser paleo, e estou adorando!!!

    Resposta
  • 3 de setembro de 2015 em 12:35 PM
    Permalink

    Gostei muito dessa matéria! Você poderia fazer uma assim sobre Cetose!

    Resposta
  • 4 de setembro de 2015 em 12:04 PM
    Permalink

    Adorei a “carta”. Tenho duas semanas de Paleo Low carb e já me sinto outra pessoa, por dentro mais do que por fora (por enquanto). O mundo acha que fiquei louca.. mas na verdade só estou ficando mais saudável. Comer abacate que eu adoro e passei a vida toda evitando! Comer ovo? amooo Os pães low carb do comida de verdade são incríveis… os queijos recheados de manteiga.. hum! Quem pode pensar em sequer comer açúcar??
    O difícil é dizer, ah, me vê uma porção de torresminho porque eu tô de dieta! kkkkkkkkk

    Obrigada pelas palavras Danilo, precisamos de força e compreensão.

    abraço

    |Luiziana

    Resposta
    • 4 de setembro de 2015 em 2:36 PM
      Permalink

      Fico MUITO feliz que tenha gostado! Mesmo! Sempre que precisar, estamos por aqui.

      Se tiver sugestões de temas para nossos posts, é só falar 🙂

      Muito em breve teremos post novo da nutri Paula Mello!

      Resposta
    • 28 de abril de 2017 em 2:49 PM
      Permalink

      Amei essas dicas rstou começando agora a lowcarb e quero e preciso emagrecer e vcis me conta q não preciso passar fome meu Deus e tudo de bommm bjs abraço

      Resposta
      • 2 de maio de 2017 em 1:38 PM
        Permalink

        que bom que gostou 😉

        Resposta
  • 5 de outubro de 2015 em 7:56 PM
    Permalink

    gostei muito da materia pq estou iniciando agora, e gostaria a lista de alguns alimentos que podem e nao podem comer .
    obrigada

    Resposta
    • 7 de outubro de 2015 em 8:57 AM
      Permalink

      Oi Eunice, posso fazer uma sugestão? Dá uma lida no post da nutri Paula “Pode ou não pode”, aqui no blog mesmo. Veja o que acha.

      Resposta
  • 8 de abril de 2017 em 12:27 PM
    Permalink

    Mariana Montezzana diz que emagreceu 30 quilos, porém nunca publicou uma foto de quando era gorda. Para mim isso parece apenas uma grande mentira.

    Resposta
  • 8 de janeiro de 2018 em 2:37 PM
    Permalink

    Quando falo de páleo e lowcarb as pessoas ficam horrorizadas. Mando loo pesquisarem a respeito. Trata-se de algo tão bom para o organismo.

    Resposta
  • 17 de setembro de 2018 em 11:08 AM
    Permalink

    Não e ainda tem pessoas que acha que não funciona o tipo de “dieta”.
    Pessoal tem que pesquisar melhor! Amei muito o artigo, estão de parabéns.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *