Swing Kettlebell: Kettlebell básico com coach Rodrigo

Fala galera, tudo bem por aí?

Hoje publico o terceiro post da minha série sobre o Kettlebell. Se você ainda não leu os primeiros dois posts sobre história e benefícios do Kettlebell, recomendo 😉

Se você procura um exercício que realmente ajude a recuperar (ou melhorar) a forma, uma boa postura e tirar as dores das costas, digo que este exercício é o Swing Kettlebell!!!

Como para qualquer exercício com Kettlebell, recomendo fortemente fazer acompanhado de um instrutor que conheça muito bem os movimentos, caso você ainda não os conheça.

Apesar de ser muito bom pra saúde e forma física, se for executado de maneira errada, pode trazer lesões.

O que é? Como executar o Swing Kettlebell?

É o principal exercício no treinamento de kettlebell e base para outros (clean, high pull e snatch, que falaremos em outros posts).

Muitas pessoas acham que é um agachamento com elevação frontal, mas posso dizer que não é nada disso!

É um movimento balístico, onde é realizada a flexão e extensão do quadril de forma explosiva, sempre mantendo a coluna em posição neutra (reta e alinhada), podendo ser executado com uma ou duas mãos, bem como podemos com um ou dois kettlebells!

Veja o vídeo abaixo mostrando um exemplo de Swing.

Porque fazer o Swing?

Temos uma vida muito anteriorizada (para frente). Fazemos muitas tarefas para frente (usamos celular, computador, fazemos nossas refeições, dirigimos) e, desta forma, usamos pouco a parte de trás do nosso corpo.

Além disso, ficamos muito tempo sentados ou deitados, sem exercitar alguns músculos importantes (por exemplo, o glúteo).

Poucas pessoas sabem que os glúteos e abdômen são responsáveis pela sustentação do corpo (manter a posição ereta). A fraqueza nestes músculos pode ocasionar hérnia de disco e muitas dores na região das costas.

E olha que notícia boa: o swing é um excelente exercício para isso!!! Uma dica: quer acabar com esta fraqueza? Faça 30 segundos de swing para cada hora sentada/deitada!

Quer 6 razões para treinar o Swing?

  1. Emagrecer: como utiliza grandes grupos musculares e é executado de forma intensa e repetitiva, existe um alto gasto calórico durante o exercício e também nas 48 horas seguintes, auxiliando no emagrecimento.
  2. Melhorar a condição física: se você gosta de praticar esportes, perceberá que o treino com swing kettlebell o ajudará para correr por mais tempo, recuperar mais rápido de um pique no futebol ou da sua modalidade esportiva preferida.
  3. Melhorar a postura.
  4. Acabar com as dores nas costas: executando o exercício corretamente, você fortalecerá os glúteos, posterior de coxa, abdômen e os músculos das costas (grande dorsal e eretores da coluna). Desta forma cria um “cinturão” para proteger a lombar e, também, melhora a postura.
  5. Diminuir o risco de lesões: o swing é um dos poucos exercícios que você treina o corpo para desacelerar. Muitas das lesões que temos jogando futebol, vôlei e basquete ocorrem na hora que o corpo precisa desacelerar o movimento.
  6. Gerar potência e ganhar força: como o swing é o um movimento explosivo (com aceleração e desaceleração), ele tem grande capacidade de gerar força para os esportes que precisam de velocidade (futebol, tênis, corrida), de salto (vôlei, basquete), como também potência para esportes de luta (judô, jiu-jitsu) que exigem muita força de quadril para aplicar os golpes;

Depoimento de quem pratica

Fábio “Fofão” Calzzetta: “Quando comecei a treinar com Kettlbell em Janeiro de 2017, o primeiro movimento que aprendi foi o swing. Para aprender a técnica, comecei a fazer o exercício com 12kg.

Movimento simples e ao mesmo tempo muito complexo. Sinceramente, não acreditava que ficar “balançando” uma bola de ferro fosse me trazer tantos benefícios.

Além da queima de calorias, o swing melhorou muito minha capacidade motora, atenção, ter o controle de partes do meu corpo que nem imaginava e a melhora da minha saúde.

Sou um caso vivo e real de que esse movimento, feito com a orientação de um profissional correto e com a técnica correta, só traz benefícios para a saúde.”

Concluindo…

Enfim, se você busca acabar com as dores nas costas, melhorar sua condição física para praticar seu esporte preferido e/ou ficar com as pernas, costas e bumbum fortes, não hesite: comece o quanto antes a treinar com kettlebell!

Lembrando que, por ser uma atividade física que exige muito da consciência corporal, é extremamente necessário o acompanhamento de um profissional qualificado para que o swing possa ser executado de maneira correta, sem causar nenhum dano ao praticante.

No próximo post falaremos sobre um excelente exercício com kettlebell para ganho de força!!! Imagina qual é?

Até mais!!!

Summary
Swing Kettlebell básico
Article Name
Swing Kettlebell básico
Description
Um dos exercícios mais comuns com Kettlebell é o Swing. Neste post mostro um vídeo com o movimento e comento os muitos benefícios de executá-lo.
Author
Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *